​Um ex-jogador de Counter-Strike ganhou as manchetes policiais nesta segunda-feira. Frederico "atx" Maia foi preso por tráfico de drogas em Niterói, no Rio de Janeiro, ao lado de duas pessoas. "atx" era um dos grandes nomes do CS 1.6 do Brasil, tendo jogado ao lado de nomes como Felipe "brTT" Gonçalves, atualmente uma das estrelas do time de League of Legends do Flamengo e de Raphael "cogu" Camargo, lenda do cenário nacional, que segue na ativa no CS:GO. 


O maior regional do Brasil está pegando fogo! Não quer perder nada da Copa do Nordeste? Então, clique aqui, assine o Esporte Interativo Plus por apenas R$9,90/mês e assista aos jogos AO VIVO! Dá só R$0,33/dia!


atx


O ex-jogador passou por equipes como imbalanced!, onde foi companheiro de "brTT", e paiN Gaming, na qual atuou com "cogu". O seu principal título foi com a paiN, quando venceu a Brazil Gaming League (BGL). "atx", que estava sumido do cenário dos eSports, foi pego, junto dos outros dois homens, com diversas drogas em altas quantidades, visando o comércio ilegal das mercadorias, conforme apurou a reportagem da Rede Globo. 


Divisão de Homicídios de Niterói teria chegado aos traficantes por conta da ligação com um homicídio ocorrido na cidade no último sábado. Quando o dentista Gilberto Ranhol teve um surto e disparou contra dois amigos, matando um deles. 


Banner

Clique aqui para assinar!